Podemos ajudar?

Vaticano criará galeria de NFTs para democratizar a arte e seu extenso acervo

O Vaticano irá inaugurar uma galeria de NFTs que poderão ser vistos online através de um viewing room. A iniciativa é da Sensorium, responsável pelo VR e a Humanity 2.0, organização sem fins lucrativos do Vaticano que visa colaborar com o “florescimento da humanidade”. 

A Humanity 2.0 é liderada pelo Padre Philip Larrey, catedrático de Lógica e Epistemologia da Pontifícia Universidade Lateranense do Vaticano. “Estamos ansiosos para trabalhar com a Sensorium para explorar maneiras de democratizar a arte, tornando-a mais amplamente disponível para pessoas de todo o mundo, independentemente de suas limitações socioeconômicas e geográficas”, disse o padre.

 

Vaticano criará galeria de NFTs para democratizar a arte e seu extenso acervo

 

 

Vaticano criará galeria de NFTs para democratizar a arte e seu extenso acervo

 

 

O acervo artístico do Vaticano é um dos principais do mundo, contando com mais de 800 obras de arte, manuscritos e artefatos. Há trabalhos de artistas renomados como Rafael, Michelangelo, Vincent van Gogh e Kandinsky. Embora não se saiba detalhadamente como os NFTs serão usados, a instituição já afirmou que não se trata de uma empreitada comercial, e sim social. A expectativa é de que o VR esteja disponível ainda neste ano.