Podemos ajudar?

Unidos da Viradouro é homenageada em exposição no MAC Niterói

O Museu de Arte Contemporânea de Niterói exibirá até o dia 8 de fevereiro a exposição “Das Cinzas Voltar, Nas Cinzas Vencer, Viradouro de Alma Lavada”, contando a história de superação da escola de samba que nos últimos três anos foi do grupo de acesso à coroação.

 

A mostra está montada no pátio do museu, contendo aproximadamente 400 fotos de Renata Xavier e Leandro Lucas, idealizadores do projeto. A exibição propõe uma imersão na Unidos da Viradouro e ajuda a matar a saudade do carnaval que ainda não tem data para acontecer.

 

A dupla começou a produzir o trabalho em 2017, quando a Viradouro se preparava para o campeonato de 2018, ainda no grupo de acesso. A escola conquistou o título e retornou para o grupo especial no ano seguinte.

 

Já competindo com as principais, a Viradouro alcançou o vice campeonato em 2019 com o enredo ‘Das cinzas voltar, nas cinzas vencer’, que aliás é o nome da mostra.

 

Já no ano passado, a escola foi a segunda a desfilar na noite de domingo, posição que é tida como ingrata no universo do carnaval. Entretanto o samba-enredo ‘Viradouro de alma lavada’ se mostrou favorito e deixou a pista aclamado. Na quarta-feira a Viradouro se sagrou campeã.

 

A mostra conta com todo o universo da escola nesses três anos. A história de fênix da Viradouro pode ser vista como um estímulo para todos os brasileiros, já que o ano de 2020 foi realmente destruidor.

 

“2020 foi um ano muito atípico. Logo após a vitória, o barracão da Viradouro foi atingido por um incêndio de grandes proporções que deixou em cinzas boa parte da sua infraestrutura. Uma pandemia global afetou todas as pessoas e países provocando muito sofrimento. O mundo do samba foi atingido em cheio por essa situação sem precedentes. Pela primeira vez desde que foram oficialmente criados, em 1932, não haverá desfiles em fevereiro. No meio dessas cinzas, buscar sobreviver, renascer. A esperança é o que move a Viradouro, o Carnaval e todos nós”, conta Renata Xavier.

 

Unidos da Viradouro é homenageada em exposição no MAC Niterói
O casal de mestre-sala e porta-bandeira Rute Alves e Julinho ensaiando nas ruas de Niterói debaixo de chuva: resiliência e alma lavada. (Fotos de divulgação)

 

 

Unidos da Viradouro é homenageada em exposição no MAC Niterói
Exposição “Das cinzas voltar, nas cinzas vencer, Viradouro de alma lavada”, com fotos de Renata Xavier e Leandro Lucas — Foto: Divulgação

 

 

Unidos da Viradouro é homenageada em exposição no MAC Niterói
Exposição “Das cinzas voltar, nas cinzas vencer, Viradouro de alma lavada”, com fotos de Renata Xavier e Leandro Lucas — Foto: Divulgação

 

 

Unidos da Viradouro é homenageada em exposição no MAC Niterói
Exposição “Das cinzas voltar, nas cinzas vencer, Viradouro de alma lavada”, com fotos de Renata Xavier e Leandro Lucas — Foto: Divulgação

 

 

 

Serviço

“Das cinzas voltar, nas cinzas vencer, Viradouro de alma lavada”

Local: Museu de Arte Contemporânea (MAC), Mirante da Boa Viagem s/n, em Niterói

Abertura da Exposição: 21 de janeiro, das 8h às 18h, com participação de Viradouro às 17h.

Horário de visitação: diariamente, das 8h às 18h

Entrada: gratuita

Em cartaz até: 28 de fevereiro