Podemos ajudar?

Prorrogada até 21 de janeiro a exposição “Eduardo Sued – Ousadias cromáticas”, na Danielian Galeria e Cassia Bomeny Galeria

A exposição “Eduardo Sued – Ousadias cromáticas”, na Danielian Galeria e na Cassia Bomeny Galeria foi prorrogada até o dia 21 de janeiro de 2022. O celebrado artista, de 96 anos, realiza dupla mostra simultânea com conjunto importante de obras inéditas, produzidas entre 1989 e 2020, escolhidas em sua presença, em seu próprio ateliê em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Com curadoria de Vanda Klabin, são exibidas, além de pinturas, experiências tridimensionais feitas em diferentes suportes e materiais.

Vanda Klabin acompanha a trajetória do artista desde o início dos anos 1980, e em 1998, quando era diretora do Centro de Arte Hélio Oiticica, no Rio de Janeiro, convidou Eduardo Sued para realizar uma exposição individual, com curadoria de Paulo Sergio Duarte. Em 2004, junto com Ronaldo Brito, fez a curadoria da mostra “Eduardo Sued: a experiência da pintura”, no Centro Cultural do Banco do Brasil Rio de Janeiro.

 

 

Prorrogada até 21 de janeiro a exposição “Eduardo Sued – Ousadias cromáticas”, na Danielian Galeria e Cassia Bomeny Galeria
Eduardo Sued – Crédito: Jaime Acioli

 

 

Prorrogada até 21 de janeiro a exposição “Eduardo Sued – Ousadias cromáticas”, na Danielian Galeria e Cassia Bomeny Galeria
Eduardo Sued – Crédito: Jaime Acioli

 

Prorrogada até 21 de janeiro a exposição “Eduardo Sued – Ousadias cromáticas”, na Danielian Galeria e Cassia Bomeny Galeria
Eduardo Sued – Crédito: Jaime Acioli

 

 

As exposições na Danielian Galeria e na Cassia Bomeny Galeria “sintetizam a trajetória de Eduardo Sued”, afirma a curadora. “São momentos diferenciados em sua produção, onde tudo é cor. As mostras permitem um olhar amplo e reflexivo sobre a trajetória desse grande artista, um pensador e o maior colorista do cenário artístico nacional. Sued sempre revitaliza a linguagem pictórica, com liberdade e intensidades cromáticas. A cor tem um lugar polissêmico em sua obra. Suas pinturas refletem a relação entre a luz, a superfície cromática, uma geometria, o espaço e o tempo. A preocupação com a luminosidade está presente em todas as suas obras”, destaca.

Nas duas galerias será observado o protocolo anti-Covid, com exigência do uso de máscara.