Podemos ajudar?

Projeto ‘Covideo19’ exibe videoartes durante o isolamento social

O circuito de artes visuais se tronou ainda mais digitalizado durante a pandemia, e uma iniciativa que vem chamando a atenção é a covideo19.art. O projeto idealizado pelas curadoras independentes Bianca Bernardo, do Rio de Janeiro, Cherine Karam, de em Beirute, e Amanda Abi Khalil, que também é do Líbano, que há um ano reside no Rio. A premissa é simples, todos os dias uma videoarte é disponibilizada na plataforma.

A ideia era manter a prática curatorial neste momento em que o convívio social não pode ser feito. Sendo assim, as três curadoras selecionam semanalmente os conteúdos a serem exibidos, a ideia é alcançar um novo público.

A proposta também dá preferência às artes do hemisfério sul mundial, explorando também essa ‘inusitada’ relação entre Brasil e Líbano.

O modelo das postagens segue um padrão simples. A videoarte é exibida na tela inicial do site, acompanhada de um curto parágrafo sobre a obra e uma pequena bio do artista responsável.

Há trabalhos que já existiam nos canais digitais dos artistas e há trabalhos que foram solicitados especialmente pelo projeto. O site mantém disponíveis as videoartes publicadas, já foram exibidas obras de nomes como Lenora de Barros, Andre Parente, Claudia Paim, Aline Motta, Ian Schuler, Cristiano Lenhardt, Janaina Tschape, Luiz Roque, Brigida Baltar, Ivan Argote, Augusto De Campos, Caetano Veloso, Analu Cunha, Marcos Chaves, Leticia Parente, Érica Bernadelli, Maria Laet, Jaime Lauriano, Carla Chain, Bárbara Wagner & Benjamin De Burca.

 

Projeto ‘Covideo19’ exibe videoartes durante o isolamento social
Já vi tudo (2005), de Lenora de Barros

 

Projeto ‘Covideo19’ exibe videoartes durante o isolamento social
Curto Circuito (1979), Andre Parente

 

Projeto ‘Covideo19’ exibe videoartes durante o isolamento social
Devastação (2016), de Claudia Paim

 

Projeto ‘Covideo19’ exibe videoartes durante o isolamento social
Poupatempo (2015). de Aline Motta

 

Projeto ‘Covideo19’ exibe videoartes durante o isolamento social
Adeus às coisas (2019), de Ian Schuler

 

Projeto ‘Covideo19’ exibe videoartes durante o isolamento social
Laughing Mask (2005), de Marcos Chaves

 

 

 

 

“A história da arte tem sido moldada por grandes crises, e enquanto esperamos pelo que as práticas de arte pós-corona irão abordar tanto conceitualmente quanto esteticamente, curamos uma lista de vídeos, antigos e mais recentes, e os amarramos às emoções coletivas e universais ardentemente sentidas ao redor do globo”, diz a plataforma.