Podemos ajudar?

Obra de arte distópica chinesa da Bienal de Veneza de 2019 viraliza nas redes sociais

Uma obra de arte distópica chinesa que estava presente na Bienal de Veneza de 2019 se tornou viral nas redes sociais desde o fim de 2021. A obra de Sun Yuan e Peng Yu, intitulada ‘Can’t Help Myself’ (2016) retrata um braço mecânico tentando incessantemente coletar uma tinta vermelha similar ao sangue.

O trabalho acabou ganhando fama mundial após acabar viralizando principalmente no TikTok, onde milhares de vídeos, paródias e reacts são feitos. Em muitas das postagens o vídeo é incrementado com músicas tristes. “Está ficando cada vez mais triste de assistir”, disse @yolkfather, cujo post explicativo acumulou 8,9 milhões de visualizações e 1,6 milhão de curtidas.

 

Obra de arte distópica chinesa da Bienal de Veneza de 2019 viraliza nas redes sociais
Não consigo me ajudar (2016). © Sun Yuan & Pen Yu

 

 

Obra de arte distópica chinesa da Bienal de Veneza de 2019 viraliza nas redes sociais
Dear, 2015 – Photo: Ela Bialkowska, OKNO Studio

 

 

‘Can’t Help Myself’ foi originalmente encomendada pela Guggenheim para uma exposição de 2016 chamada ‘Tales of Our Time’, e seu atual ressurgimento em popularidade parece estar ligado a uma postagem no Facebook de novembro de 2021 quando um engenheiro de software publicou que nenhuma arte “nunca me afetou emocionalmente da forma como esta peça de braço robótico me afetou.”

Usuários também levantaram debate sobre outras obras dos artistas, dizendo por exemplo, que ‘Dear’ (2015) é “mais triste”. Nessa obra em questão uma mangueira de borracha é amarrada em uma cadeira vazia enquanto descontroladamente se agita.