Podemos ajudar?

NFTs e Blockchain no mercado de arte serão tema da terceira edição do “Encontros ABACT”

As demandas das galerias e do setor de arte contemporânea caminham lado a lado com a evolução e com os principais desafios do segmento. Com foco nesse cenário que pede constantes atualizações, o projeto “Encontros ABACT” chega à sua terceira edição propondo debates sobre os principais temas que permeiam o presente e o futuro do setor.

NFTs, internacionalização de galerias, descentralização do mercado de arte, curadoria de artistas, entre tantos outros assuntos entrarão em pauta na série de conversas semanais com os principais galeristas do Brasil e mediação de grandes nomes do circuito de arte, que acontecerá via zoom às quintas-feiras, sempre às 17h, tem estreia marcada para 22 de setembro.

Idealizado pela Associação Brasileira de Arte Contemporânea – ABACT, que há mais de uma década acompanha o desenvolvimento das principais galerias do país – algumas com relevante inserção no mercado internacional, o projeto visa dividir e disseminar experiências nos temas propostos, com exemplos práticos para questões essenciais de profissionalização e gestão do negócio em arte no mercado primário.

Em cada encontro, galeristas experientes e galerias jovens terão a oportunidade de fazer conexões para o desenvolvimento do mercado de arte no Brasil.

 

NFTs e Blockchain no mercado de arte serão tema da terceira edição do "Encontros ABACT"

 

O primeiro evento será no dia 22 de setembro, das 17h às 18h30, e terá como tema central NFT e blockchain. Marina Bertoldi (VP da Christie’s), Ana Sokoloff (art advisor) e Fabio Szwarcwald (Sócio da Tropix) abordarão repasse, operação, certificação, autenticidade, criação de token para NFT, tendências do mercado, pensamento conceitual, crítico, e qual será o impacto no dia a dia. A mediação será comandada por Ana Paula Cestari (sócia na Neufeld Cestari Advogados)

O segundo encontro, marcado para 29 de setembro, terá Tatiane de Assis (editora e repórter da revista Piauí) e Ana Roman (curadora e pesquisadora) falando sobre a descentralização do mercado de arte. Com mediação de Baixo Ribeiro (fundador da galeria Choque Cultural), a conversa tratará da descentralização do mercado para outras capitais, onde estão o mercado consumidor, os colecionadores e os galeristas, além do eixo Rio – SP.

Já o terceiro evento ocorrerá no dia 6 de outubro e trará como destaque a  Controladoria e Gestão Operacional, com a presença de Flávio Silva (contador da FDG e de artistas) e Fábio Sena (contador da Galeria Vermelho e artistas). Com mediação de Paulo Vieira (Diretor Executivo MAM Rio, advogado e colecionador), entrarão em pauta as boas práticas do ponto de vista de compliance, transparência com artistas e ferramentas de gestão.

A participação é aberta a todos mediante aquisição de ingresso. As compras feitas até 10 de setembro terão descontos.

Para se inscrever, basta acessar: https://www.sympla.com.br/3-edicao-i-encontros-abact__1690170

 

Para mais informações, acesse: www.abact.com.br, Instagram (@_abact), ou o e-mail [email protected].