Podemos ajudar?

Depois de SP, museus, instituições e galerias de arte do Rio fecham as portas temporariamente devido a pandemia e focam no online

Em reunião no Teatro Popular Oscar Niemeyer na última segunda (22/3), os prefeitos Eduardo Paes, do Rio, e Axel Grael, de Niterói, anunciaram medidas mais restritivas no combate ao avanço da pandemia. Com isso, museus, instituições, centros culturais e galerias ficam proibidas de funcionar presencialmente.

A medida começará a valer nesta sexta (26/3), e vão se estender pelo menos até o dia 4 de abril, quando haverá um novo balanço da situação. O MAM, o MAR e o Museu do Amanhã já anunciaram a paralisação, os demais locais devem fazer o mesmo. A programação online dos museus, instituições e galerias continua.

 

Depois de SP, museus, instituições e galerias de arte do Rio fecham as portas temporariamente devido a pandemia e focam no online
Prefeitos anunciaram as medidas restritivas

 

“Entretanto, como instituições culturais com responsabilidade pública e social, que prezam o conhecimento, a ciência e a vida, não podemos nos omitir de tomar as decisões que nos parecem corretas e necessárias neste grave momento da história do país”, afirma um documento assinado por Raphael Callou (MAR), Fabio Szwarcwald (MAM) e Ricardo Piquet (Museu do Amanhã).

O governador em exercício, Cláudio Castro, também proibiu a permanência de pessoas em locais públicos entre 23h e 5h.

 

Depois de SP, museus, instituições e galerias de arte do Rio fecham as portas temporariamente devido a pandemia e focam no online
MAM Rio estará fechado – Foto: Fabio Souza

 

“Entendemos os aspectos sociais e econômicos. Mas eu e o prefeito Axel tomamos as decisões baseados na ciência. É muito difícil tomar uma decisão dessas sem que haja uma coesão metropolitana. Buscamos incessantemente, embora tenhamos posições divergentes, uma coesão para termos informações claras. Mas é muito difícil atender a apelos de prefeitos sem todas as autoridades falando a mesma voz. Os sistemas de Saúde que vacinam as pessoas que têm a atenção básica e dos municípios. Infelizmente, não foi possível tomar medidas integradas. O fundamental é preservar vidas, sem alarmismo”, afirmou Eduardo Paes.

 

Depois de SP, museus, instituições e galerias de arte do Rio fecham as portas temporariamente devido a pandemia e focam no online
Foto: Leonardo Finotti

 

As instituições culturais de São Paulo também passam por uma situação parecida. A tendência é de que as restrições no estado continuem nos próximos dias, por enquanto o MASP, MAM, Pinacoteca e demais instituições continuam fechadas. A tendência é que nos próximos dias, praticamente todas as grandes metrópoles do país passem por medidas restritivas mais conscientes e rígidas, assim como o Rio de Janeiro e São Paulo vem fazendo.

 

Depois de SP, museus, instituições e galerias de arte do Rio fecham as portas temporariamente devido a pandemia e focam no online
MASP

 

Depois de SP, museus, instituições e galerias de arte do Rio fecham as portas temporariamente devido a pandemia e focam no online
Pinacoteca

 

Depois de SP, museus, instituições e galerias de arte do Rio fecham as portas temporariamente devido a pandemia e focam no online
MAM