Podemos ajudar?

Museu de Arte do Rio inaugura ‘Crônicas Cariocas’, discutindo o verdadeiro e diverso Rio

‘É preciso adiar o fim do mundo para contar mais uma história’, essa frase de Ailton Krenak foi o ponto de partida para a organização da exposição ‘Crônicas Cariocas’, que fica em exibição de 25 de setembro até 31 de julho de 2021 no Museu de Arte do Rio. A mostra tem curadoria de Marcelo Campos, curador-chefe do museu, Luiz Antônio Simas, Amanda Bonan e a escritora Conceição Evaristo.

São 600 trabalhos dentre pinturas, fotografias, instalações, objetos e videos, todos discutindo o verdadeiro Rio de Janeiro, o orgulho negro, as festas, o escaldante fervor popular. Participam cerca de 110 artistas, com destaque para Rosana Paulino, Bispo do Rosário, Lasar Segall, Di Cavalcanti, Denilson Baniwa, Laerte e Bastardo. É como se cada artista mostrasse uma crônica diferente sobre a cidade, explorando infindos pontos reais. A maior parte das obras foi pensada especificamente para a exposição.

“Que histórias ainda vale a pena contar? Como seguir diante de tantas narrativas sobre o fim? A vida que se tornou, cada dia mais, uma dádiva ainda nos restituirá a alegria, a esperança?

Foram essas e outras tantas indagações que nos fizeram construir Crônicas Cariocas, exposição que escuta a cidade do Rio de Janeiro em seus balbucios, no encontro das calçadas, no canto dos pregoeiros, nas relações com a vizinhança, na esperança de abrir as janelas e ver que ainda vale o sorriso, que a lágrima será partilhada, que em qualquer sinal haverá alguém se lançando em malabarismos bem mais complexos do que o equilibrar das bolas e claves.”

 

Museu de Arte do Rio inaugura ‘Crônicas Cariocas’, discutindo o verdadeiro e diverso Rio
Thales Leite/ Assessoria de Comunicação do MAR -Museu de Arte do Rio
Obra “São Jorge e o Devir” é um dos destaques da mostra

 

 

Museu de Arte do Rio inaugura ‘Crônicas Cariocas’, discutindo o verdadeiro e diverso Rio
Obras de O Bastardo, expostas em “Crônicas cariocas”, do Museu de Arte do Rio. Foto: Beatriz Gimenes/Divulgação

 

 

Museu de Arte do Rio inaugura ‘Crônicas Cariocas’, discutindo o verdadeiro e diverso Rio
“Ônibus em inundação no Jardim Botânico”, obra de Evandro Teixeira exposta em “Crônicas cariocas”, no Museu de Arte do Rio. Foto: Divulgação

 

 

Crônicas Cariocas
Sábado, 25 de setembro, às 12h
Entrada gratuita
Museu de Arte do Rio – MAR
Praça Mauá, 5 – Centro
Funcionamento: quinta a domingo, das 11h às 18h (entrada até as 17h15)