Podemos ajudar?

Individual de Aldo Tambellini ‘No princípio era tudo negro’ pode ser vista online

O artista americano-italiano Aldo Tambellini ganhou uma exposição individual pela galeria brasileira CASANOVA. O artista nonagenário vem de mostras recentes em locais importantes como o MoMA, Tate Modern, ZKM e Bienal de Veneza.

São fotografias, filmes e áudio-poemas que podem ser vistos online numa parceria com a Fundação Tambellini. A exposição ‘No princípio era tudo negro’ traz obras baseadas na tecnologia, cartões postais e cartas. São registros históricos que mostram um lado do artista que muitos não conhecem: sua ligação com São Paulo ao vir participar da Bienal de 1983.

Tambellini foi muito influenciado por sua experiência com a Segunda Guerra Mundial e a violência de governos autoritários.

“O espectador se surpreenderá com a atualidade temática e visual de seus métodos na década de 1960, como o racismo, protestos, telas divididas, projeções com múltiplas telas. No entanto, as composições inquietantes de abstrações imagéticas e sonoras conferem à sua obra uma potência que transpõe a curiosidade histórica”, diz o texto curatorial de Jane Almeida.

O Viewing Room criado pela galeria torna tudo ainda mais intenso, todo o ambiente virtual parece um site criado apenas para refletir ‘No princípio era tudo negro’, que explora o conceito de ‘preto’ de diversas formas.

 

Individual de Aldo Tambellini ‘No princípio era tudo negro’ pode ser vista online

 

Individual de Aldo Tambellini ‘No princípio era tudo negro’ pode ser vista online

 

Individual de Aldo Tambellini ‘No princípio era tudo negro’ pode ser vista online

A exposição vai até o final de dezembro e pode ser acessada aqui.