Podemos ajudar?

Exposição ‘Hecatombe’ explora a tragédia grega no Centro Cultural Hélio Oiticica

Inaugurada no dia 11, mas aberta ao público a partir do dia 13 de novembro, a exposição ‘Hecatombe’ acontece no Mezanino do Centro Municipal Cultural Hélio Oiticica. A mostra é assinada por Alexandre Ephívos e se baseia na vertente da tragédia do teatro grego.

A iniciativa é da Prefeitura do Rio de Janeiro em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura. A visitação é gratuita, no entanto precisa ser agendada, respeitando os critérios de segurança quanto a pandemia do novo coronavírus. Procedimentos como aferição da temperatura, higienização de calçados e limpeza das mãos com álcool em gel devem ser exigidos.

Alexandre Ephívos é bacharel em Artes Visuais e pós-graduado em História da Arte e Arquitetura no Brasil. O artista costuma desenvolver seus trabalhos unindo técnicas como pintura e escultura.

“A ideia do projeto é proporcionar ao público a estruturação de pensamento e elucidação do contexto atual, a respeito dos acontecimentos trágicos ocorridos no país e no mundo, sintonizado com os elementos materiais da exposição. Através do horror,  do fascínio e do expurgo, a mostra busca a emancipação do pensamento por meio da arte”, conta.

 

Exposição ‘Hecatombe’ explora a tragédia grega no Centro Cultural Hélio Oiticica

 

Exposição ‘Hecatombe’ explora a tragédia grega no Centro Cultural Hélio Oiticica

 

Exposição ‘Hecatombe’ explora a tragédia grega no Centro Cultural Hélio Oiticica

 

Serviço:

Hecatombe

Link para agendamento da visita: https://www.sympla.com.br/cmaho

  • Data: 11 de novembro de 2020 – 27 de novembro de 2020
  • Endereço: Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica – Rua Luís de Camões, 68 – Praça Tiradentes