Podemos ajudar?

Depois de estrear no MASP, o Museum of Fine Arts de Houston recebe a mostra ‘Afro-Atlantic Histories’

Até 17 de janeiro de 2022, o Museum of Fine Arts, em Houston, apresenta o tour pelos Estados Unidos de ‘Afro-Atlantic Histories’, uma exposição sem precedentes que explora a história e o legado do comércio transatlântico de escravos A exposição compreende mais de 130 obras de arte e documentos feitos na África, nas Américas, no Caribe e na Europa ao longo de 500 anos, do século 17 ao século 21.

‘Afro-Atlantic Histories’ dinamicamente justapõe obras de artistas de 24 países, representando perspectivas em evolução ao longo do tempo e da geografia por meio de grandes pinturas, desenhos, gravuras, esculturas, fotografias, arte de mídia baseada no tempo e coisas efêmeras. A gama se estende desde pinturas históricas de Jean-Baptiste Debret, Frans Post e Dirk Valkenburg à arte contemporânea de Melvin Edwards, Ibrahim Mahama e Kara Walker.

 

Depois de estrear no MASP, o Museum of Fine Arts de Houston recebe a mostra 'Afro-Atlantic Histories'
Flávio Cerqueira – ‘Amnésia’

 

 

Depois de estrear no MASP, o Museum of Fine Arts de Houston recebe a mostra 'Afro-Atlantic Histories'

 

 

A exposição teve sua estreia no Museu de Arte de São Paulo (MASP) no Brasil, e a turnê pelos EUA se baseia na apresentação do tema abrangente de histórias – um termo português que pode abranger narrativas ficcionais e não-ficcionais de cultura, economia, caráter pessoal ou político. O termo é plural, diverso e inclusivo, oferecendo pontos de vista que foram marginalizados ou esquecidos. ‘Afro-Atlantic Histories’ se desdobra em seis seções temáticas que exploram as variadas histórias da diáspora. A curadoria é de Adriano Pedrosa, Diretor Artístico, MASP, Hélio Menezes e Lilia Moritz Schwarcz. Um dos destaques é a obra ‘Amnésia’, de Flávio Cerqueira.

No site oficial da instituição há um guia em áudio da exposição. O guia de áudio da exposição investiga obras de arte selecionadas com comentários de artistas como Jamal Cyrus, Nona Faustine e Kehinde Wiley; poeta Joy Priest; e de estudiosos e curadores de museus. Disponível em español. Disponível gratuitamente, online e nas galerias. Para ouvir nas galerias, traga seu celular e fones de ouvido.

 

Depois de estrear no MASP, o Museum of Fine Arts de Houston recebe a mostra 'Afro-Atlantic Histories'
Aaron Douglas – Into Bondage (1936)

 

 

Depois de estrear no MASP, o Museum of Fine Arts de Houston recebe a mostra 'Afro-Atlantic Histories'
Samuel Fosso (1977)

 

 

Afro-Atlantic Histories’
24 de outubro de 2021 – 17 de janeiro de 2022