Podemos ajudar?

Conheça as músicas que artistas da exposição “Una(S)+” ouviam na quarentena enquanto trabalhavam na mostra

A exposição “Una(S)+”, em cartaz no Oi Futuro até 28 de março de 2021 tem uma trilha sonora, formada pelas músicas que as quinze artistas argentinas e brasileiras ouviam enquanto trabalhavam na quarentena, em isolamento social. A pedido da curadora Maria Arlete Gonçalves, as artistas listaram uma música que as acompanhou durante o isolamento social, em que produziam em casa seus trabalhos. A convite da curadora, a artista e DJ argentina Veronica Cerrotta criou um mashup, que os visitantes da exposição escutam no Oi Futuro, em vários espaços, como elevador, bistrô entre outros. A playlist está no Spotify.

Concepção e edição: Verónica Cerrotta

Conheça as músicas que artistas da exposição "Una(S)+" ouviam na quarentena enquanto trabalhavam na mostra
Una(S)+
Conheça as músicas que artistas da exposição "Una(S)+" ouviam na quarentena enquanto trabalhavam na mostra
Una(S)+
Conheça as músicas que artistas da exposição "Una(S)+" ouviam na quarentena enquanto trabalhavam na mostra
Una(S)+
Conheça as músicas que artistas da exposição "Una(S)+" ouviam na quarentena enquanto trabalhavam na mostra
Una(S)+

“Una(S)+” reúne cerca de 80 obras de 15 artistas mulheres da Argentina e do Brasil, selecionadas pela curadora Maria Arlete Gonçalves, que ocuparão todo o prédio do Centro Cultural Oi Futuro no Flamengo, Rio de Janeiro, de 13 de janeiro a 28 de março de 2021. A mostra inaugura a programação do Oi Futuro em 2021, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária. Produzidas em dois momentos – antes e durante a pandemia – as obras “afirmam a potência feminina na arte”.

As artistas que integram a exposição são, da Argentina: Fabiana Larrea (Puerto Tirol, Chaco), Ileana Hochmann (Buenos Aires), Marisol San Jorge (Córdoba), Milagro Torreblanca (Santiago do Chile, radicada em Buenos Aires), Patricia Ackerman (Buenos Aires), Silvia Hilário (Buenos Aires); do Brasil: Ana Carolina Albernaz (Rio de Janeiro), Bete Bullara (São Paulo, radicada no Rio), Bia Junqueira (Rio de Janeiro), Carmen Luz (Rio de Janeiro), Denise Cathilina (Rio de Janeiro), Evany Cardoso (vive no Rio de Janeiro), Nina Alexandrisky (Rio de Janeiro), Regina de Paula (Curitiba; radicada no Rio de Janeiro) e Tina Velho (Rio de Janeiro).