Podemos ajudar?

Começa hoje a maior feira de arte ibero-americana – Pinta Miami 2018

A PINTA Miami – Crossing Cultures, a principal feira de arte ibero-americana de Miami, começou hoje no epicentro do Art District de Miami, no Centro de Convenções Mana Wynwood, e recebe os visitantes até 9 de dezembro.

Originalmente fundada em Nova York, em 2007, a PINTA Miami é uma feira de arte internacional focada em arte moderna e contemporânea para a América Latina, Espanha e Portugal. Além disso, a feira de arte conta com uma equipe hipnotizante de renomados curadores, o que se reflete na qualidade das obras e expositores que a feira apresenta. O MoMa PS1 reconheceu isso e nomeou a feira como uma das mais influentes na difusão da arte latino-americana, e a feira manteve seu prestígio e qualidade por causa das galerias participantes, coleções, curadores e projetos especiais.

A seção principal da PINTA inclui 60 galerias da América Latina, dos Estados Unidos e da Europa, apresentando mais de 300 obras de artistas como Carlos Cruz-Díez, Carmen Herrera, Fernando Botero, Iván Contreras Brunet, Jesús Rafael Soto, Jorge Eielson, Julio Le Parc, Lydia Okumura, Marta Boto, Waltercio Caldas e Wilfredo Lam.   Os países da PINTA tem seções dedicadas à Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e México, e pela primeira vez incluirão a Espanha. Um curador de cada país escolheu seis galerias participantes: Florencia Batiti (Argentina); Mario Gioia (Brasil); Matias Allende Contador (Chile); Oscar Roldán (Colômbia); Alma Ruiz (México); Yara Sonseca Mas (Espanha). Cada seção incluirá dois artistas nascidos após 1980.   A nova Seção de Projetos, com curadoria de Ysabel Pinyol, Diretor de Curadoria da Mana Contemporary (Miami, Jersey City e Chicago) e Co-Fundador da Mana Residences, apresentará um panorama de grandes obras.  Para o Proyecto Visible, o curador Jesús Fuenmayor selecionou obras de quatro artistas latino-americanos emergentes interessados ​​em criar um diálogo com seus ambientes: Yaima Carrazana (Cuba e Holanda), Ilich Castillo (Equador), Oscar Pabón (Venezuela e Espanha) e Yuli. Yamagata (Brasil).   No programa Coleções, PINTA MIAMI apresentará a Colección INELCOM Arte Contemporáneo, com curadoria de Javier Quillis. A INELCOM, uma empresa de tecnologia na Espanha, possui uma das coleções corporativas mais importantes do país. Esta é a primeira vez que a arte da coleção será mostrada em Miami.   Com curadoria de Roc Laseca, o PINTA Platforms é um novo programa inovador, um gabinete de projetos individuais que dá aos galeristas a oportunidade de trazer visibilidade ao trabalho de um único artista de uma maneira única.   Nas edições da PINTA, três editores líderes apresentarão trabalhos e gravuras editados, incluindo o Art Nexus.

Do Brasil estão participando 4 galerias: Mamute, Estação, Murilo Castro, Janaína Torres.

Começa hoje a maior feira de arte ibero-americana - Pinta Miami 2018

Luciana Magno, Galeria Janaína Torres

Começa hoje a maior feira de arte ibero-americana - Pinta Miami 2018

Goia Mujali, Galeria Mamute

Começa hoje a maior feira de arte ibero-americana - Pinta Miami 2018

Vitor Mizael, Galeria Murilo Castro

A Miami Art Week é conhecida por ser uma das épocas mais movimentadas do ano, e os visitantes reconheceram a qualidade da feira em suas exposições. Isso não só atrai mais públicos – só em 2017 recebeu mais de 30.000 pessoas. A feira também tem um percentual crescente de vendas consolidadas em um ambiente de visitas guiadas e projetos curatoriais de prestígio.

Há uma seção de grandes instalações, com curadoria de Ysabel Pinyol, da Mana Contemporary. Celia Birbragher, fundadora e diretora da Art Nexus Magazine, será celebrada na feira por seus 40 anos de promoção da arte latino-americana através de seu trabalho editorial.