Podemos ajudar?

Chamada aberta convoca artistas para participarem da 13ª Bienal do Mercosul

A 13ª Bienal do Mercosul irá acontecer em setembro de 2022 e já está com chamada aberta para a participação de artistas. As inscrições começaram em 22/4 e poderão ser feitas pela internet, no site da Bienal, até o dia 20/7. Serão selecionadas 20 propostas para integrar a exposição ‘Transe’, que será exibida na 13ª Bienal do Mercosul, em Porto Alegre.

Com curadoria de Marcello Dantas e curadoria adjunta de Laura Cattani e Munir Klamt, o projeto é direcionado para artistas, coletivos e agentes criativos de qualquer lugar. O processo seletivo terá três etapas, segundo Dantas, sendo a análise cega da proposta artística, análise de portfólio e entrevista. A lista dos selecionados será divulgada no dia 22 de setembro.

As propostas selecionadas terão acompanhamento dos curadores com mentorias, além de suporte técnico como laboratórios, materiais e equipamentos.

 

Chamada aberta convoca artistas para participarem da 13ª Bienal do Mercosul
O Instituto Caldeira sediará o evento

 

 

Chamada aberta convoca artistas para participarem da 13ª Bienal do Mercosul

 

 

Chamada aberta convoca artistas para participarem da 13ª Bienal do Mercosul

 

 

Chamada aberta convoca artistas para participarem da 13ª Bienal do Mercosul

 

 

Chamada aberta convoca artistas para participarem da 13ª Bienal do Mercosul
Marcello Dantas

 

 

Chamada aberta convoca artistas para participarem da 13ª Bienal do Mercosul
Carmen Ferrão, presidente da 13ª Bienal do Mercosul

 

Chamada aberta convoca artistas para participarem da 13ª Bienal do Mercosul
11ª Bienal do Mercosul

 

 

Chamada aberta convoca artistas para participarem da 13ª Bienal do Mercosul
11ª Bienal do Mercosul

 

 

Chamada aberta convoca artistas para participarem da 13ª Bienal do Mercosul
10ª Bienal do Mercosul

 

 

Chamada aberta convoca artistas para participarem da 13ª Bienal do Mercosul
9ª Bienal do Mercosul – Obra de Tony Smith, Sem título (Caverna de Morcego), no MARGS. Foto: Camila Cunha/indicefoto

 

 

“Queremos estimular a produção e difusão das artes visuais vinculadas às novas tecnologias, além da reinvenção das técnicas tradicionais. A exposição Transe busca estimular a ligação entre a arte contemporânea e novas tecnologias, materiais e recursos. Vamos estimular a criação e possibilitar ao público o acesso a obras inéditas, de novos artistas”, afirma Dantas.