Podemos ajudar?

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

As pesquisas geométricas associadas ao rigor matemático e à complexidade das formas interceptadas pelas alusões inconscientes e existenciais, pautam e orientam parte significativa das abstrações geométricas de Luiz Antonio Caligiuri. O artista conhecido como CALLI, inaugura a exposição Parábolas Visuais, sua nova individual com curadoria de Patricia Toscano que abre nesta semana, quarta-feira, 19 de maio às 17h e fica em exibição até 4 de julho de 2021, no Centro Cultural Correios Rio de Janeiro.

Nessa mostra híbrida com versão física e em breve virtual, o artista apresenta um corpo de trabalho dividido em duas séries de momentos distintos que dialogam nas confluências de sua trajetória artística. A primeira série ‘Símbolos inconscientes e influências’, criada no seu ateliê no Rio durante o período pandêmico, em 2019, reúne pinturas e desenhos de grandes e médios formatos na primeira sala. A segunda série, ‘Vivências’, criada em 2012, ocupa a segunda sala com pinturas de grandes formatos.

CALLI é formado em Arquitetura e Urbanismo, perpassando por Artes Visuais na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Durante sua trajetória e experiência como diretor de arte e cenógrafo ao longo de 20 anos na Globo, assinou a cenografia de mais de 30 novelas e minisséries, filmes e espetáculos musicais e de teatro. Este background permitiu voos consistentes por novos horizontes no universo da arte, sendo sua convivência e amizade com o consagrado artista Tunga, admirador profundo e incentivador de sua obra, o marco decisivo e ponto de partida para fluir por novos rumos contemporâneos, realizando exposições no Brasil e exterior, onde suas obras fazem parte de relevantes coleções.

Os trabalhos desdobram as principais características de sua prática, entrelaçando formas, materiais e procedimentos, capazes de sintetizar e conectar sua abordagem formal com um discurso humano engajado com a atualidade. Em uma amálgama de organização e caos, sem que o resultado se torne incompreensível, suas pinturas e desenhos expressam o voo do pensamento simbólico, ordenado e ao mesmo tempo assimétrico em construções imagéticas singulares.

Com riqueza de detalhes, parábolas visuais e configurações simbólicas que traduzem experiências humanas, surgem em meio à abstração geométrica. Convidativas metáforas que transitam nesse espaço-tempo arrematam nossa visão existencial, enquanto signos de vivências e desejos instigam o público a imergir nestes cenários interpretativos ressignificados, como caminho plástico metafísico de interpretação poética nesta sagrada geometria Calligiuriana.

“A geometria de CALLI transcende o sentido físico e exato, sua poética de profusão cromática aliada a justaposição de formas indistintas, revela a singularidade do salto quântico de sua qualidade pictórica. O trabalho traz referencias da História da arte e Filosofia e nos remetem a Kandinsky, quanto a formas e símbolos, Miró, por suas composições cromáticas, Dalí, por suas interpretações do inconsciente e Espinoza, por suas reflexões quanto aos desejos existências. Essas inspirações orientam parte significativa de sua linguagem e estética construtiva existencial, que aliada a peculiaridade de um certo grafismo, cria uma nova perspectiva atmosférica e dimensão plástica inusitada nesta exposição.”, diz Patricia Toscano, curadora e crítica de arte.

A entrada da mostra é livre e gratuita e o funcionamento é e terça a sábado, de 12:00 – 19:00, seguindo todos os protocolos de higienização, segurança e prevenção do COVID19.

 

Série ‘Símbolos inconscientes e influências’:

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

 

Série ‘Vivências’:

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ

 

 

 

SOBRE O ARTISTA

 

Luiz Antonio Caligiuri (CALLI), brasileiro, nasceu no Rio de Janeiro em 1950, onde vive e trabalha. Com formação heterogênea em Arquitetura e pós-graduado em Urbanismo, especializou-se em arquitetura temática realizando projetos como shoppings e parques temáticos, entre outros. Trabalhou ainda como arquiteto, cenógrafo e diretor de arte por mais de 30 anos, sendo 20 deles dedicados à TV Globo. Autor da cenografia plástica e artística de mais de 30 novelas, minisséries e inúmeros shows, realizou também projetos relacionados a cinema e teatro sempre na mesma esfera. Esse background e expertise em cenografia e arte, permitiu voos em busca de novos horizontes no universo da arte contemporânea. Sendo sua convivência e amizade com o artista consagrado Tunga, admirador profundo e incentivador de sua obra, um marco decisivo para fluir por novos rumos. Suas obras nos remetem a Kandinsky, Miró e Dalí.

Como artista, sua trajetória em projetos, exposições, feiras e salões de arte foram: Individual “Vivências”, com curadoria de Geraldo Edson de Andrade, no Centro Cultural Correios Rio de Janeiro em 2012, participação com uma de suas obras no livro ‘’Formas & Riscados”- Panorama Rio | Artes Visuais, com curadoria de Marly Faro, em 2014, e participação em exposição coletiva na The Brick Lane Gallery, Londres, em 2015. Suas obras fazem parte de coleções de arte no Brasil e no exterior.

 

CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ
CALLI

 

 

SOBRE A CURADORA

 

Patricia Toscano é curadora, crítica e art advisor. Escreve e possui textos publicados, realiza consultorias, projetos, exposições e experiências imersivas. Fundadora da CRIO.ART | #artplatform, estrategista polímata especializada em conectar os ecossistemas da arte, tecnologia e inovação, com expertise em economia criativa, antropologia do consumo, pesquisa e análise de tendências disruptivas, inteligência de mercado e transformação digital. Formada em Design com pós-graduação em curadoria e crítica de arte pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ) e EAV Escola de Artes Visuais do Parque Lage; especialização em Design Thinking e Tecnologia;  Empreendedorismo e Inovação; MBA em Ecommerce e em planejamento estratégico e gestão de projeto e novos modelo de negócios digitais.

Em 2014 foi premiada pela Shell Live Wire com reconhecimento da UNESCO e UBI Index. Reconhecida também como um dos TOP10 entre os 100 projetos e modelos de negócios promissores pelo Movimento 100 Open Startups Innovation e pelo Rio Criativo | Startup Rio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado e programa Inovativa Brasil do Ministério da Economia de 2015 a 2017.

Na arte, estudou filosofia, psicanálise, crítica e história da arte e sua formação foi com mestres consagrados, como Paulo Sérgio Duarte, Fernando Cocchiarale, Anna Bella Geiger e Max Perlingeiro.

Ao longo de sua trajetória realizou mais de 40 projetos e negócios estratégicos híbridos no Brasil e no exterior com diversos artistas, galerias, instituições e organizações nas esferas públicas e privadas como: Secretária de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Cultura do Município, Museu e Centro Cultural Correios, Ministérios das Comunicações do Governo Federal, Casa de Cultura Laura Alvim, Midrash, Petrobras, Bradesco, SulAmerica, Sebrae, Redetec, W/Brasil, F/Nazca, Thales Group, Bioargo Group, Actelion, Alupar, Claro, Skol, Nike, Itaú, Pampers, Globo, Merk, Agência Nacional, Abdan, entre outras. Seus mais recentes trabalhos e realizações em exposições individuais e coletivas, leilões e projetos de arte entre 2017/2020: ‘Contrapontos’ – SV Gallery NY e SP; ‘Pincel Oriental’ – Centro Cultural Correios RJ; ‘L’Arte il senso dela vitta’ – Museu Correios Brasília; ‘Abstracionismo Geométrico Absoluto’ – Círculo Ítalo Brasileiro/Embaixada e Consulado Italiano SC; ‘O Negócio da Alma’ – Centro Cultural Correios RJ; ‘Intersecções Poéticas’ – curadoria em conjunto com Fernando Cocchiarale e participação de Anna Bella Geiger como artista convidada, no Pier Mauá; ‘Diversidade e Contaminação’ – Centro Cultural Correios RJ; leilão ‘Arte Que Nos Une’ e projeto ‘Fotos Pro Rio’.

 

 

 

SOBRE O ESPAÇO

 

O Centro Cultural Correios Rio de Janeiro está localizado na Rua Visconde de Itaboraí, 20, no centro da cidade. Integra o Corredor Cultural, tendo como vizinhos a Casa França Brasil, ao lado, e o Centro Cultural do Banco do Brasil, defronte.

O imóvel foi inaugurado em 1922. As linhas arquitetônicas da fachada, em estilo eclético, caracterizam o prédio do início do século, construído para sediar uma escola do Lloyd Brasileiro. Mas isto não ocorreu e o prédio foi utilizado, por mais de 50 anos, para funcionamento de unidades administrativas e operacionais dos Correios. Na década de 80, o imóvel foi desativado para reformas, sendo reaberto em 2 de junho de 1992, parcialmente restaurado, para receber a “Exposição Ecológica 92”, evento integrante do calendário da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente – RIO 92.

Desde então, o Centro Cultural Correios vem marcando a presença da instituição na cidade com promoção de eventos em áreas diversas, como teatro, vídeo, música, artes plásticas, cinema e demais atividades voltadas à integração da população carioca com formas variadas de expressão artística.

Suas instalações, adequadas à realização de diversificada programação, ocupam integralmente os 3.480m2 da área do prédio. O Centro Cultural Correios Rio de Janeiro é dotado de três pavimentos interligados por um elevador, também do início do século, de onde se pode ter uma visão panorâmica de todo o ambiente interno. No andar térreo, está localizado o Teatro com 320 m² e capacidade para 200 pessoas. Também no térreo há uma Galeria de Arte para pequenas mostras. No segundo e terceiro pavimentos, estão localizadas dez salas de exposições, com infraestrutura e iluminação propícia a eventos de grande porte.

O Centro Cultural Correios dispõe também de um Bistrô, que funciona durante o horário de realização dos eventos. A Praça dos Correios – uma área aproximada de 1,3 mil m² ao ar livre, com espelho d’água e suporte de uma concha acústica, que pode receber um público numeroso para eventos a céu aberto.

O local em média anual, recebe um público 400 mil visitantes e promove cerca de 50 eventos, com atrações variadas de teatro, música, dança, cinema e vídeo, além das exposições de diversos tipos de arte.

 

 

Serviço

 

PARÁBOLAS VISUAIS

  • Artista: CALLI (Luiz Antônio Caligiuri)
  • Curadoria: Patricia Toscano
  • Período: 19/05 a 04/07/2021
  • Horário: De terça a sábado, de 12:00 – 19:00, seguindo todos os protocolos de higienização, segurança e prevenção do COVID19.
  • Local: Centro Cultural Correios Rio de Janeiro
  • Endereço: Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro – Rio de Janeiro
  • Contato do local: 21 2253-1580
  • Contato da exposição: 21 2018-5570 (Tel/WhatsApp)
  • Site: https://crio.art
  • Instagram: @calli.artista
  • Exposição Virtual: Link de acesso será disponibilizado em breve
  • Realização: ART | https://crio.art | @crio.art
  • Apoio: Centro Cultural Correios, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e Governo Federal

 

 

 

1 Reply em CALLI inaugura a exposição ‘Parábolas Visuais’, individual física e virtual com curadoria de Patricia Toscano no Centro Cultural Correios RJ