Podemos ajudar?

Artista Flavia Fabbriziani participa de duas mostras no Centro Cultural Correios RJ e no Parque das Ruínas

A artista visual Flavia Fabbriziani desenvolve trabalhos de pintura, obras sonoras e pesquisa de objetos de memória e está em cartaz, no Rio, em duas exposições simultâneas. A primeira delas é a coletiva “Sentidos”, entre 10 de março a 10 de abril, no Centro Cultural Correios RJ, com pinturas, e a segunda é “Laurinda: a mulher, a casa, os artistas – uma intervenção nas ruínas”, de 19 de março a 1º de maio, obra sonora e instalação visual em parceria com a artista Paloma Carvalho, no Centro Cultural Municipal Parque da Ruínas.

No Centro Cultural Correios RJ, a artista “exibe o aprofundamento de sua potente investigação gestual pictórica através de formas, materialidade e volumetria que perpassam por densidades e fluidez surpreendentemente distintas”, segundo a curadora Patricia Toscano. A mostra ainda traz trabalhos de Ana Coutinho, Esther Bonder, Marcio Atherino e Pry Oliveira.

“Em um momento mais recente da criação pictórica, é relevante a existência de uma inteligência corporal presente nas pinturas. Ao mesmo tempo que elas têm dimensões de pinturas de cavalete, Flavia, quando as realiza, mantém-se de pé, em postura ereta, frontal, confrontando o tecido de linho esticado nos painéis de madeira à sua frente. Ao nos debruçarmos sobre essas pinturas, torna-se cristalino o ato de sua realização e é nítida a qualidade dos movimentos nelas empregados”, analisa a curadora Fernanda Terra.

Artista Flavia Fabbriziani participa de duas mostras no Centro Cultural Correios RJ e no Parque das Ruínas
Pintura “EST”

 

 

Artista Flavia Fabbriziani participa de duas mostras no Centro Cultural Correios RJ e no Parque das Ruínas
Pintura “36387106” em exposição no Centro Cultural Correios

 

 

Com curadoria de José Ricardo Novaes, o coletivo UAIART, formado pelas artistas Flavia Fabbriziani e Paloma Carvalho, apresenta, no Centro Cultural Municipal Parque da Ruínas, a  instalação “Laurinda: a mulher, a casa, os artistas – uma intervenção nas ruínas”, uma obra sonora e uma instalação visual que ocupa o espaço interno do átrio, a partir da história da casa e de sua proprietária, Laurinda Santos Lobo, fazendo uma homenagem aos artistas que frequentaram este lugar no passado.

Uma fita cor de rosa, a cor preferida de Laurinda, com seus nomes bordados: figuras locais, sambistas e seresteiros e também artistas internacionais que vinham se apresentar no Theatro Municipal. Laurinda deu apoio fundamental a Heitor Villa Lobos no início de sua carreira. Todos se misturavam nas grandes festas oferecidas por ela.

O que eram estas recepções dos anos 1910 e  1920? Laboratórios sociais em um período de efervescência,  num Rio de Janeiro que via um futuro “afrancesado”. A obra sonora ressalta o excesso do uso de palavras francesas no início do século XX, para refletirmos sobre os limites de um movimento de “modernização”  sob uma ótica colonizada pela referência parisiense.

A mulher e a casa seguem seu curso e a obra nos conta outras lutas de Laurinda. Sua vida não se limitava a recepções e encontros sociais. Lutou em prol da causa feminista: presidiu o conselho da Federação Brasileira para o Progresso Feminino. Superar a imagem fixada por João do Rio, a de “Marechala da Elegância” e mostrar que haviam inúmeras facetas no complexo personagem histórico: a articulação política exercida por Laurinda em seus salões era o espaço possível numa sociedade sexista.

Artista Flavia Fabbriziani participa de duas mostras no Centro Cultural Correios RJ e no Parque das Ruínas
Autoretrato

 

 

Artista Flavia Fabbriziani participa de duas mostras no Centro Cultural Correios RJ e no Parque das Ruínas
Flavia Fabbriziani e Paloma Carvalho em “Laurinda: a mulher, a casa, os artistas – uma intervenção nas ruínas”

 

Serviço:

Coletiva “Sentidos”, de 10 de março a 10 de abril, com obras de Ana Coutinho, Esther Bonder, Flavia Fabbriziani, Marcio Atherino e Pry Oliveira. Curadoria de Patricia Toscano. De terça a sábado, das 12h às 19h.

Centro Cultural Correios RJ – Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro. Tel: (21) 2253-1580

 “Laurinda: a mulher, a casa, os artistas – uma intervenção nas ruínas”, de 19 de março a 1º de maio, com Flavia Fabbriziani e Paloma Carvalho.

Centro Cultural Municipal Parque da Ruínas – Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa. Tel: (21) 2224-3922

Para saber mais:

Instagram

Visita guiada Galeria Virtual 3D

Vídeo Galeria Virtual 3D

Obra Sonora “Forte”

Vídeo “Através das minhas camadas”